Como ocorrem as cirurgias a laser: conheça os principais tipos

cirurgias a laser

As cirurgias a laser são as principais indicações para o tratamento da hiperplasia prostática benigna, uma vez que o uso do laser permite retirar o tecido da próstata que está em excesso, eliminando a obstrução que provoca os sintomas típicos desta doença. As principais vantagens são que o procedimento é realizado através da uretra, sem cortes e sem perdas de sangue.

Além disso, um grande benefício é que essa intervenção possibilita tratar próstatas aumentadas sem se preocupar com o seu tamanho, o que não era possível com a cirurgia aberta, através do corte na parede abdominal. Dessa forma, a redução de riscos é muito grande nesse tipo de tratamento, já que, em muitas vezes, também, não há necessidade de interromper uso de anticoagulantes ou antiagregantes, o que seria impossível na cirurgia aberta.

Existem vários tipos de laser que podem ser usados. A cirurgia de próstata com o (GreenLight™ Laser – Laser verde) ou a enucleação da próstata com laser de Holmium (HoLEP) serão os principais tipos a serem abordados.

Enucleação da próstata com Holmium laser (HoLEP)

Essa intervenção tornou-se uma opção de manejo cirúrgico cada vez mais comum para o tratamento da hiperplasia prostática benigna sintomática. Atualmente, encontramos uma indicação cada vez mais frequente dessa técnica no tratamento da HPB.

Esse método demonstra eficácia duradoura a longo prazo para o tratamento de pacientes que sofrem de sintomas do trato urinário inferior devido à essa condição. A diferença principal do Holmium Laser em relação aos outros métodos endoscópicos está na forma em que é retirada a próstata. Assim, ao invés de vaporizar o tecido, a técnica utilizada no HoLEP permite que o tecido seja retirado em porções grandes com uso do laser Holmium de 100-120W de potência.

Cirurgia de próstata com laser GreenLight™ – Laser verde

Este é outro tipo de intervenção endoscópica sem cortes, mais indicada para aumentos leve a moderado no volume. Dessa forma, é através da endoscopia com material de fino calibre que o médico urologista, utilizando uma fibra de laser, vaporiza as células prostáticas ao mesmo tempo em que realiza uma coagulação bastante efetiva no tecido da próstata. Assim, devido ao uso do laser verde (GreenLight™), ocorre mínimo sangramento durante a cirurgia de próstata, permitindo que seja realizado inclusive em pacientes que utilizam anticoagulantes.

As principais vantagens incluem alta no mesmo dia do procedimento cirúrgico, alívio rápido dos sintomas, melhora do fluxo urinário e retorno
rápido ao trabalho, permitindo um impacto mínimo na vida do paciente pela realização deste procedimento.

Vantagens dos métodos

Em geral, a principal vantagem dessas intervenções é o menor risco de complicações, tais como a hemorragia (muito importante nos doentes com problemas cardiovasculares ou cerebrovasculares), tempo reduzido para alta hospitalar e regresso do doente para casa.

Dessa forma, se você sofre com a hiperplasia prostática benigna, converse com o seu médico sobre qual tipo de procedimento seria mais indicado para você diante do seu caso e quadro sintomatológico.

Categorias
Artigos mais recentes

AGENDE UMA CONSULTA

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá,
Podemos ajudar?