Cirurgia de próstata a laser: o que você precisa saber

cirurgia de próstata a laser

A cirurgia de próstata a laser é o que há de mais moderno em tratamentos para Hiperplasia Prostática Benigna (HPB). Essa doença consiste no aumento da próstata. Todo homem apresenta um crescimento natural dessa glândula, no entanto, em alguns ocorre um aumento demasiado. Sendo assim, o paciente sofre dificuldades urinárias como fluxo urinário fraco, retenção urinária, urgência para urinar, necessidade mais frequente de ir ao banheiro, interrupção do fluxo da urina, sangramento na urina (hematúria) e sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.

Isso ocorre devido à localização da próstata. Ela fica logo abaixo da bexiga e envolvendo a uretra. Assim, quando ela cresce demais, acaba por comprimir a uretra, dificultando a passagem da urina. Todos esses problemas prejudicam muito a qualidade de vida do paciente. Mas a HPB tem solução, e a cirurgia de próstata a laser oferece resultados muito satisfatórios.

Cirurgia de próstata a laser

Os lasers podem ser usados em dois tipos de procedimentos para tratar a HPB:

• Vaporização Prostática Fotodinâmica (Greenlight Laser): nesse procedimento, destrói-se todo o adenoma, a parte interna da próstata. É uma cirurgia muito eficaz especialmente para pacientes com próstatas de tamanho médio;

• Enucleação da Próstata com Laser Holmium (HOLEP): o Holmium é um tipo de laser de alta potência, utilizado para separar o adenoma da parte externa da próstata. O adenoma é depositado na bexiga (órgão vizinho e que tem espaço para essa manipulação). Então, na própria bexiga ele será fragmentado e recolhido. Pode-se empregar esse procedimento em casos de próstata de qualquer tamanho.

Ambos os procedimentos são feitos com um instrumento chamado ressectoscópio. Esse aparelho possui uma câmera e canais de trabalho para a passagem do laser e do soro fisiológico. É importante entender também que essas duas cirurgias são não invasivas, ou seja, dispensam cortes no paciente. Toda a operação é feita por via uretral. Assim, na maior parte dos casos, o paciente precisa permanecer com uma sonda urinária por 24h após a cirurgia.

Benefícios da cirurgia de próstata a laser

À primeira vista, só o fato de essas cirurgias não necessitarem de cortes já é algo muito significativo, não é mesmo? Mas os benefícios não param por aí. Veja de que outras formas a cirurgia de próstata a laser lhe favorece, tanto durante o procedimento quanto no pós-operatório:

• Menor propensão à dor: decorrência direta da ausência de cortes no paciente;

• Menor risco de complicações: em uma cirurgia aberta, sempre se deve considerar o risco de infecções nos cortes. Mas esse risco está muitíssimo reduzido nos procedimentos não invasivos;

• Menos sangramento: é possível que o paciente apresente um pequeno sangramento na urina durante o pós-operatório, mas nem se compara às possibilidades de sangramento da cirurgia aberta;

• Alta hospitalar em menos tempo: normalmente, o paciente pode voltar para casa no dia seguinte à cirurgia;

• Pós-operatório simples: com menos dor e menores desconfortos, o paciente pode retomar suas atividades diárias poucos dias após a cirurgia.

Se você está com dificuldades urinárias, marque uma consulta com o seu urologista para uma avaliação. Se houver algum problema, é melhor detectar o quanto antes. Portanto, não perca tempo.

Categorias
Artigos mais recentes

AGENDE UMA CONSULTA

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá,
Podemos ajudar?