Cirurgias de próstata a laser

As cirurgias a laser são altamente recomendadas para tratar a hiperplasia prostática. Abaixo, você encontra uma descrição dessa doença e, também, lhe apresento de maneira detalhada a enucleação prostática a laser (HoLep) e a vaporização transuretral da próstata (Green Light).

A hiperplasia prostática é uma doença benigna onde há um aumento do tamanho da próstata. O principal sintoma é a dificuldade na hora de urinar. O jato urinário fica fraco e intermitente, precisa fazer força para urinar, demora para sair a urina, goteja no final da micção e, às vezes, tem urgência miccional.

O diagnóstico é feito através da história clínica, exame físico e ecografia. Em alguns casos também lançamos mão de exames como urofluxometria e estudo urodinâmico.
O tratamento inclui uma mudança no estilo de vida, alimentação adequada. De acordo com os sintomas do paciente, pode ser necessário o uso de medicações que facilitam o fluxo urinário e em alguns casos medicações que diminuem o volume da próstata.

Em casos refratários ou associados a complicações, como por exemplo cálculos na bexiga, retenção urinária e infecções de repetição, está indicado a realização de cirurgias para o tratamento do paciente.

Diversas técnicas cirúrgicas podem ser utilizadas para o tratamento do aumento benigno da próstata e dentre elas, o uso de laser vem ganhando cada vez mais espaço. Esse avanço tecnológico permite tratar próstatas cada vez maiores sem cortes, com menores sangramentos, retirada precoce de sonda e alta hospitalar precoce, algumas vezes no mesmo dia da cirurgia.

A escolha do método ideal deve ser feita pelo urologista, pois algumas técnicas apresentam vantagens específicas e nem todas se aplicam a todos os pacientes. Dentre as principais técnicas utilizando laser, citamos a Enucleação prostática com Holmium laser (HoLEP) e a Vaporização prostática com Green Light.
Ambas técnicas são endoscópica, ou seja, é introduzido um aparelho com microcâmera através da uretra até a próstata, onde passará a fibra do laser.

Enucleação prostática a laser – HoLEP

O uso do laser nessa cirurgia irá permitir o descolamento da parte aumentada da próstata associado a hemostasia (coagulação) dos vasos sanguíneos. O objetivo dessa cirurgia é a retirada em bloco (enucleação) da próstata e a transposição para o interior da bexiga, onde será realizada a fragmentação (morcelamento) e extração dos fragmentos sem realizar cortes. Essa técnica permite o tratamento de próstatas volumosas por via endoscópica, evitando os cortes e riscos que as cirurgias abertas ou laparoscópicas trazem ao paciente.

Vaporização transuretral da próstata – Green Light

Esse procedimento conta com uso de um laser específico com grande capacidade de hemostasia (coagulação dos vasos sanguíneos). Através da vaporização (“derretimento”) da próstata, será criado um túnel que permite a urina passar com facilidade durante a micção. Devido ao seu beneficio em evitar sangramentos, reduz a chance de transfusão ou reintervenção pós operatórias. A principal indicação é para pacientes que apresentam maiores chances de sangramento, como uso de anticoagulantes.

 

Vantagens no uso de laser:
– Tratamento de próstata volumosas sem corte
– Menores chances de sangramentos
– Menor dor pós operatória
– Retirada precoce da sonda
– Alta hospitalar precoce
– Retorno rápido as atividades
– Menores chances de recidiva da doença

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá,
Podemos ajudar?